Marketing Da Noticia

Mobilidade Inteligente Economia Forte

 

Mobilidade Inteligente economia forte sociedade mais saudável essa é a inciativa que vem do velho mundo que  se mostra o mais sensato incentivador da mobilidade inteligente e sustentável que adotada por todos países signatários do acordo, inclusive o Brasil , promoverá uma drástica redução das emissões de carbono e com isso reverterá as expectativas de mudanças climáticas tão aceleradas como estamos começando presenciar.
Mobilidade inteligente. Economia Forte’ é o tema escolhido este ano para a Semana Europeia da Mobilidade, que, entre 16 e 22 de Setembro, contará com a realização de diversos eventos e a implementação de medidas em mais de 2000 cidades de 47 países. Portugal contribui com 46 municípios aderentes e outras tantas ações levadas a cabo por organizações e grupos de cidadãos. Na página oficial da iniciativa (em http://mobilityweek.eu), podem ser consultadas as diversas atividades que decorrem nos próximos dias.
Mesmo tendo perdido alguma força, em comparação com as primeiras edições, a Semana Europeia da Mobilidade é o maior evento europeu relacionado com mobilidade sustentável. Apesar de grande parte das ações desenvolvidas serem de caráter mais pontual, o envolvimento dos municípios pressupõe sempre a implementação de, pelo menos, uma medida permanente que incentive a transição do automóvel individual para o transporte coletivo ou de baixas emissões. Além disso, prevê ainda a realização de um evento ‘Car-Free Day’ a 22 de setembro, pela interdição temporária da circulação de automóveis numa ou mais ruas da cidade.
O grande desafio é, precisamente, como passar do simbolismo (importante, sem dúvida, pela componente de sensibilização e mensagem coletiva que aporta) destas datas comemorativas para o investimento em medidas e serviços concretos que tornem atrativa a substituição ou a complementaridade do automóvel com outros meios de transporte não poluentes. Aqui no Brasil esse questionamento ainda está na pauta porque falta vontade e inteligencia politica dos gestores  públicos, mas o clamor da população mal atendida começará mostrar sinais mais fortes e ai talvez alguns adotem e reflitam seus resultados.

Fonte : Revista Smart Cities

Sobre o autor

Redação Redação

Comentar

Clique aqui para deixar um comentário