Artigos

#HummAdoro| BikeJá Brasil Para Inspirar Cidades Do Amanhã

 

#HummAdoro |Bike e foi isso que impulsionou-nos  criar  o projeto Bike Já Brasil  submetido  a uma Prefeitura, mas que diante de cenários nebulosos nos horizontes de um Brasil do futuro sem amanhã não pode empreender a ideia que hoje publicamos aqui porque o óbvio será identificado por alguém. A época, lá se vão 7 anos, fizemos questão de  pensar o projeto sob todos os seus aspectos para  #transformelhorar a cidade e fazer todos saírem ganhando: políticos, empresários, sociedade , município  e principalmente as futuras gerações.

De imediato focalizamos os aspectos econômicos e financeiros, visto serem eles a prioridade numa gestão de resultados, e para  fazermos isso incluímos na proposta para  uso das bikes  o vale transporte acompanhado de um cartão de saúde , com isso preservamos a receita ao empresários do setor de transportes de massa.

Admitido esse uso criamos interesses e minimizamos as  resistências desse poderoso setor porque asseguramos, reguardamos e sinalizamos um aumento da lucratividade  para as transportadoras municipais que contam com esses  recursos pré-pagos mediante os convênios.

Ultrapassada essa primeira barreira o projeto previu uma ação de marketing social e sugeriu a realização do primeiro e pioneiro senso de saúde urbano do Brasil, isto porque todos os usuários das bikes disponíveis para o bike sharing teriam de apresentar um cartão de apto ao seu uso. Cartão emitido após verificação da taxa de glicose , avaliação da visão e audição e verificação da pressão arterial.

Esse estudo pioneiro geraria ganhos inimagináveis, políticos e econômicos ao Prefeito porque  serviria para estabelecer uma estratégia de saúde preventiva, muito mais barata e eficaz para o município.

No tocante a construção das ciclovias a proposta sugeriu negociar com grandes empresas os seus patrocínios em troca de nomeá-las com nomes dos seus fundadores.

Com isso cogitamos ter a primeira ciclovia do mundo nomeada por nomes como do fundador da Nestlé , Henry Nestlé , Olavo Setubal, Henry Ford, Alfred Sloan, Dr Roberto Marinho e outros destacados nomes.

Em reciprocidade além de poderem adesivar o piso com suas marcas elas ganhariam a simpatia e uma visibilidade assegurada pelos 200 mil habitantes e pelos visitantes frequentes, que em determinadas épocas do ano multiplicam a população até 7X  e traz a cidade mais de 1 milhão e 500 mil turistas, que provocam um #carrocaos na cidade vocacionada para o turismo receptivo , mas infelizmente não foi dessa vez .

Indo além dessas questões a proposta também contemplaria a criação de uma montadora de bikes para atender o serviço de bike sharing e num momento seguinte através de contratos de licenciamento levar a bem sucedida experiência a outras cidades.

A montadora , primeira em toda a região ,dada a enorme simplicidade poderia ser usada para empregar jovens moradores de áreas de risco e servir como ponto de capacitação e incentivo para o esporte ciclismo.

Outros inúmeros desdobramentos foram desenhados ,mas o novo, mesmo quando reinventado é assustador para quem tem outros propósitos e herdava uma situação ruim e logo agravada por outras tantas aleatórias e incontroláveis  …

Enquanto aqui vemos isso lá e m Estocolmo a politica é fazer os motoristas subsidiarem o uso das bikes….

Sobre o autor

Redação Redação

Comentar

Clique aqui para deixar um comentário